Loucura

As coisas da mente são fascinantes, para o bem e para o mal. É maravilhosa a nossa capacidade de pensamento, aprendizado e, ao mesmo tempo, são assustadores os caminhos desviantes que qualquer espírito, em algum momento, pode tomar. Os transtornos mentais são como perguntas que podem ficar sem respostas sobre o nosso sentido de serContinuar lendo “Loucura”

Mal dito

Mal ditas são todas as narrativas que nos afastam da verdade. São as palavras que professamos e que escondem mentiras inconfessas. São as rasgaduras forjadas em almas alheias por não sabermos nos expressar corretamente. As coisas que calamos ao engolirmos o que precisa ser dito. Figuras de linguagem que nos afastam do conteúdo ao nosContinuar lendo “Mal dito”

Lua Nova

A noite surgiu estrelada Com seus milhões de anos de lampejos Brilhos no céu, claridade de outrora Que viajam em anos-luz até nossos olhos. Me encontram farta de passado Bufando inquietudes em automóveis Cruciando memórias no divã da analista Fingindo mansidão que não sou! Pouco importa a claridade Estou imersa em meus escuros Corro osContinuar lendo “Lua Nova”

Idéia Fixa

Era uma menina cismada. Algo acontecia e aquilo ficava dias lhe rondando os pensamentos. Alguém lhe incomodava e aquela pessoa passava a fazer parte de sua rotina, hora após hora em sua cabeça, imaginando cenas e situações que ainda poderia viver. Sua mãe lhe dizia: deixe de devaneios, menina! Escute uma música, olhe as estrelas…Continuar lendo “Idéia Fixa”

Leveza

A inundação tomou conta…Invadiu os espaços Com espessas lágrimasE tremores de tristeza imensa.Depois de secas as angústiasSerenados os temoresRepensados os sonhosAquietados os pensamentos…Um singelo instante.Uma brincadeiraRisadas.Leveza que paira no arComo uma pequena plumaQue registra aquele momentoE apaga todo o restante.