Cuida-te!

Apropria-te de tua singularidade, antes que esta seja morta por quem elegeres mais capaz de fazer este trabalho por ti, ditando caminhos e definições que não consideram tua alma…

Imposições disfarçadas de benfeitoria escondem predadores que visam, como sempre, sujeitar.

Afasta-te dos que se cobrem de luz. Olha mais de perto, lembra-te que um extremo sempre dá vida ao outro e que a compensação da luz fora, são as trevas dentro.

Contudo não te enganes sobre as trevas.
Sombras negadas são perigosas. Sombras assumidas são cura.

Nina Zobarzo

Óleo sobre linho, Kaye Donachie.

Publicado por Ana Luisa Bittencourt

Não sou escritora, nem blogueira. Apenas escrevo, eventualmente, em verso ou prosa. Meus textos são todos autorais.

4 comentários em “Cuida-te!

  1. Nossa vida e uma só…nascemos da singularidade e assim morreremos tbm…estou a viver este momento e digo e prazeroso nos cuidarmos mais…nos conhecermos …nos ouvirmos..hj estou em um momento em que me amo …descobri que precisamos e e tao bom esse amor vindo de nós mesmo…o meu eu precisava e agradece pelo meu amor….Parabens Ana excelente texto!

    Curtido por 2 pessoas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: