Sentença

a lâmina fria das decisões

faz brotar o sangue

que goteja memórias

do que fomos.

a dor que acompanha o fim

atravessa o sono

e mantém nossos olhos acesos

na madrugada.

a percepção das coisas

da vida

do tempo

dos outros

de tudo

é letra fria impressa

no papel da narrativa

de quem somos

e de quem desejamos ser.

Imagem: Bronze de José Luís Aragão.

Publicado por Ana Luisa Bittencourt

Não sou escritora, nem blogueira. Apenas escrevo, eventualmente, em verso ou prosa. Meus textos são todos autorais.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: