Tudo fica

Não passam as dores, também não passam as alegrias. Tudo o que nos fez feliz ou infeliz serve para montar o quebra-cabeça de nossa vida, um quebra-cabeça de cem mil peças. Aquela noite em que você não dormiu por não parar de chorar, aquele dia em que você ficou caminhando sem saber aonde ir, o beijo inesquecível que você recebeu, a visita surpresa que alguém lhe fez, o parto do seu filho, a bronca do seu pai, a demissão injusta, a mudança indesejada, a viagem planejada, o acidente que lhe deixou cicatrizes, tudo isso vai, aos poucos, formando quem você é. Não há peça que não se encaixe. Todas se aproveitam. Como são muitas, pode-se esquecer de algumas, e a isso dizemos “passou”. Não passou. Está lá, meio perdida e quando você menos espera, ela torna-se necessária para completar o jogo e se enxergar por inteiro. (adaptado da crônica de Martha Medeiros)

Publicado por Ana Luisa Bittencourt

Não sou escritora, nem blogueira. Apenas escrevo, eventualmente, em verso ou prosa. Meus textos são todos autorais.

Um comentário em “Tudo fica

  1. O mais encantador na vida é o mosaico que nos constitue. Ele nunca fica pronto. Tal um caleidoscópio cada nova peça muda todo o desenho e o que surge é surpresa ( nós somos sempre surpresa ). Para promover tal efeito a peça precisa ser incorporada dentro de nós, precisa se tornar nossa.Se ela brilhar junto com as outras,posso me esquecer dela porque no novo desenho ela é apenas uma parte que já atuou.Daí ver o todo é melhor; é a síntese.Papi

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: