Diamantes

O diamante é o mais resistente material de ocorrência natural que se conhece, cuja escala de dureza é 10, ou seja, a mais alta que existe. Isto significa que não pode ser riscado por nenhum outro mineral ou substância que possua dureza inferior. No entanto, é muito frágil e esse fato deve-se a sua clivagem octaédrica perfeita.
O valor dos diamantes reside na ausência total de impurezas e de cor. Uma vez selecionados, são cortados e talhados ao longo de direções nas quais há dureza menor. Uma talha bem realizada é aquela que realça o foco ou o conjunto de cores derivados dos reflexos. A lapidação e o polimento de diamantes requerem de diversas horas, até meses para serem feitos. São eles os determinantes no valor final da pedra. Neles residem seu preciosismo.
Assim são as lapidações. “Machucam” os objetos, tirando-lhes várias camadas para que se tornem mais belos, mais brilhantes, mais valiosos. Perfeitos, talvez. Ou quase isto.

Publicado por Ana Luisa Bittencourt

Não sou escritora, nem blogueira. Apenas escrevo, eventualmente, em verso ou prosa. Meus textos são todos autorais.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: