Doces azedos

No caminho, flores perfumadas, convite ao deleite. De perto, espinhos em todos os galhos. Arranhões e perfume.

Publicado por Ana Luisa Bittencourt

Não sou escritora, nem blogueira. Apenas escrevo, eventualmente, em verso ou prosa. Meus textos são todos autorais.

3 comentários em “Doces azedos

  1. A planta Primavera protege suas flores com espinhos e nem por isso elas são feias.O BELO se protege porque muitos o querem e poucos se arriscam.O FEIO não precisa dos espinhos já que poucos o querem. No caminho da vida os espinhos indicam que a direção pode estar certa. Pena que as flores são fugazes e os espinhos perenesLuiz A. Bittencourt

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: